A semente representa um insumo indispensável no sistema produtivo e é protagonista das inovações de tecnologia, por esse motivo, a qualidade é a base para que se obtenham bons rendimentos.

Por volta de 90% de todas as culturas de plantas no Brasil são propagadas por sementes. Grande parte dessas culturas manifestam doenças provocadas por fungos, bactérias, vírus e nematóides, que podem ser transmitidas pela semente.

Como a semente é um insumo base para a agricultura e de grande valor, tanto econômico quanto para a produtividade, sua avaliação correta permite o uso adequado além de realizar um melhor planejamento, o qual determina o aumento da produtividade e o sucesso da produção agrícola.

Além da entrada de novas pragas e doenças, a ocorrência das já existentes numa determinada área pode ser impulsionada pela introdução do seu agente causal na semente. Tratando-se de uma área de uma mesma cultura o problema é o aumento de ataques cada vez mais severos à plantação, podendo com o tempo dificultar o desenvolvimento da cultura.

Entre os fatores que devem ser levados em consideração para o cultivo de uma cultura, com grande relevância esta a condição de sanidade das sementes que serão utilizadas para o plantio, porque elas são os veículos de agentes fitopatogênicos, levando a redução da germinação, e em alguns casos dão origem a focos de infecção primária de doenças.

A sanidade das sementes é medida pelo teste de sanidade de sementes, ele determina a condição sanitária de um lote, fornecendo informações para programas de certificação, serviços de vigilância vegetal, tratamento de sementes, melhoramento de plantas entre outros.

 

Com base nos resultados obtidos das análises é emitido um boletim de sementes contendo a verificação de qualidade do lote de sementes analisadas.

Os resultados obtidos da análise só são válidos quando realizados em uma amostra representativa do lote. Se os lotes forem desiguais ou houver erro na amostragem, podem surgir informações incorretas. 

http://www.biologico.sp.gov.br/page/sanidade-vegetal-sementes

http://www.biologico.sp.gov.br/page/sanidade-vegetal-sementes

Leave a Reply