Os componentes de produtividade para as lavouras de cereais como soja, milho, trigo, etc, são: o peso do grão, número de grãos por vagem ou espiga, número de vagens ou espigas por planta, e o número de plantas por área. Qualquer um desses fatores quando aumentados impactam no aumento da produtividade da sua lavoura. Mas, como a qualidade das sementes se relacionam com eles?

plantação de milho e espigas de milho abertas
plantação de milho e espigas de milho abertas

A capacidade da planta produzir está relacionada com sua capacidade de fazer fotossíntese e converter a energia resultante deste processo em número e peso de grãos por área, e isso se relaciona diretamente com a população de plantas por área. Se houver uma quantidade excessiva de plantas, uma começa a sobrepor a outra e as folhas e ramos começam a se entrelaçar sombreando umas as outras, diminuindo a conversão da energia solar, resultando em menor quantidade de energia para os órgãos reprodutivos onde se formarão e desenvolverão os grãos. Por outro lado, se houver uma quantidade pequena de plantas por área, haverá espaços de solo descoberto, onde os raios solares incidem diretamente.

Como consequência, além do não aproveitamento desta energia pelas culturas, ela acaba sendo utilizada por outros organismos que vão competir com a cultura que estamos cultivando, tal como plantas daninhas, por exemplo. O mesmo raciocínio podemos aplicar sobre o solo, de onde outros dois recursos essenciais provém: água e nutrientes. Percebe-se, portanto, que existe um número ideal de plantas por área que é definido para cada cultivar (variedade, híbrido) em função da localidade do plantio, da fertilidade do solo, e da época do plantio (condições edafoclimáticas). Pesquisas conduzidas pelas empresas detentoras de sementes geram estas informações que devem ser requeridas pelos agricultores.

plantação de soja com por do sol
plantação de soja com por do sol

No entanto, ainda há desafios maiores para que os agricultores consigam garantir a população de plantas ideal nas suas lavouras. Isso porque não basta apenas obtermos a quantidade de sementes ideal por área, temos que considerar como estas plantas estarão distribuídas nesta área. É fácil concluirmos que, se as plantas não estiverem homogeneamente distribuídas, nosso empenho em explorar ao máximo os recursos disponíveis fracassará. Hoje, os equipamentos que fazem a distribuição das sementes nas lavouras, são capazes de garantir um excelente nível de homogeneidade. Há que se fazer ajustes locais e função das condições específicas do local do plantio (umidade do solo, palhada, etc.). Dedicar o tempo necessário para garantir a melhor regulagem destes equipamentos e ter uma equipe de operadores treinada e bem capacitada, é fundamental para o sucesso de uma lavoura. Mas, a garantia de uma boa semeadura, com as sementes bem posicionadas, ainda não resolvem todos os nossos problemas.

plantação de soja crescendo
solum-lab-plantacao-soja-crescendo

Após realizada a semeadura, as plantas precisam germinar e emergir simultaneamente. Fatores como profundidade de semeadura e distribuição da palha (cobertura morta) desuniformes, interferem neste processo. Basicamente, as sementes precisam de um certo volume de água (entre 50 a 60% de sua massa) para que o processo de germinação se inicie. Se esse embebimento não for uniforme, as sementes germinarão em momentos diferentes. Consequentemente, as que saírem na frente se desenvolverão mais rápido por terem mais recursos disponíveis, deixando em desvantagens as retardatárias que, até o final do ciclo da cultura, não serão capazes de se igualar com as primeiras (as chamadas “plantas dominadas”).

Como visto, uma lavoura de alto potencial produtivo requer um bom desenvolvimento inicial. Após garantirmos a distribuição uniforme das sementes na área e seu correto posicionamento no solo, e tomarmos os devidos cuidados do preparo da área para o plantio, é preciso garantir que cada semente, individualmente, esteja na sua máxima capacidade de germinar e emergir. Para isso, esta semente deve estar íntegra e cheia de vigor.

plantação de soja nascendo
plantação de soja nascendo

Falta de cuidados especiais e condições adversas enfrentadas nos campos de produção e no armazenamento dessas sementes, muitas vezes, ocasionam uma perda de qualidade. Uma semente é composta por uma certa quantidade de energia armazenada na forma de carboidratos e um embrião. Pouca energia disponível, ou danos a este embrião (que podem ser ocasionados por patógenos, pragas, por dano mecânico, ou armazenamento com temperaturas e umidades não ideais) afetam a capacidade desta semente germinar, ou diminuem o vigor e a velocidade que a semente passa por este processo. Quanto mais lento é esta fase de estabelecimento inicial da lavoura, mais tempo as plântulas (que são muito delicadas e suscetíveis às adversidades como secas, ataques de pragas e doenças) precisam para atingir uma robustez. Por outro lado, quanto mais rápido é o processo de germinação e emergência, mais cedo a lavoura vence esta etapa tão importante e estratégica. Comprar sementes de empresas idôneas e que são reconhecidas por fornecer sementes de alta qualidade, é sem dúvida, uma atitude inteligente. Outra ação imprescindível é conferir a qualidade da semente que está sendo comprada através de análises em laboratórios credenciados.

analise laboratorial com milhos
analise laboratorial com milhos

As análises laboratoriais podem informar com precisão qual a porcentagem de germinação e o vigor das sementes compradas. Para sementes de pastagens, outro indicador importante obtido é o valor cultural. Estes parâmetros resultantes das análises permitem que o agricultor garanta a qualidade da semente antes do plantio, dando-lhe tempo hábil para: ajustes nas taxas de semeadura para compensação das sementes que, sabidamente, não germinarão; ou contestação, nos casos em que os níveis de qualidade estejam abaixo dos exigidos por ele. Podemos dizer, sem medo de errar, que é impossível obtermos uma lavoura uniforme sem uma semente de alta qualidade, diminuindo, portanto, as chances de conseguirmos altas produtividades.

Na Solum somos especialistas em análises agronômicas

Fale agora mesmo com nossos consultores.

Consultoria on-line

Leave a Reply